Walkers RPG BR

Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Ellie Gatsby em Qua Jun 11, 2014 3:25 pm


Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

A morte é apenas o começo
Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu - Nova York
Periculosidade: X
Descrição: Uma casa de apostas não tão frequentada e prestes a falir antes do Apocalipse, Tamires Rodriguez era a dona do local antes de ter desaparecido misteriosamente. O local fica num canto pouquíssimo frequentado e de aspecto insalubre e pobre da cidade, atraindo alguns pobretões em busca de diversão em apostas e alguns bêbados em fogo. O local está totalmente bagunçado e não há nada ali que se possa aproveitar, pois até mesmo as fichas e o dinheiro sumiram. O cheiro de bebida e a integridade do lugar não chama a atenção de ninguém em particular, seja morto ou vivo.
*Este local está protegido contra assassinos


avatar
Ellie Gatsby
Administrador
Administrador

Mensagens : 59
Data de inscrição : 10/06/2014

Ficha de Sobrevivente
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Marcio Voux em Sab Nov 07, 2015 10:23 am



You shout it loud. But I can't a word you say
Meeting



Marcio ainda não se acostumava com a vida no grande acampamento de Nova York. Longe de seus amigos e colegas de faculdade, todas as tarefas ficavam vagarosas, pesadas como elefantes cinzentos em um tarde morna. Seu único consolo era o laboratório do local, com vários equipamentos avançados que entretinham o jovem estudante.

Em um de seus dias no laboratório, ele recebeu a notícia de dois sobreviventes que foram identificados nas últimas 24h. Um já era adulto e morava na Califórina. O outro era um adolescente e vivia em Ohio. Marcio refeltiu sobre aquelas fichas. Poderia formar um grupo com eles e sair dali. Não tinha qualquer inimizade com os habitantes do grande abrigo, mas sentia que aquele não era seu lugar, precisava mudar, sair, trocar de ares.

Uma mensagem anônima foi enviada para os dois sobreviventes, marcando um encontro na Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu. O lugar estava aos pedaços, as fichas estavam envelhecidas, o balcão de bebidas completamente abandonado e apenas algumas mesas mantinham a dignidade do lugar e estavam espalhadas por diversos cantos do grande salão.

Marcio depositou sua caixa de Primeiros Socorros em uma das mesas e manteve a faca na parte de dentro de sua calça, coberta parcialmente pela blusa de moletom. Não era muito fã de atrasos, mas na mesma medida que era bondoso e gentil com quem conversasse com ele, poderia ser extremamente venenoso e cruel quando queria.


Thak's for@Lovatic, on CG

avatar
Marcio Voux
Curandeiros
Curandeiros

Mensagens : 28
Data de inscrição : 07/12/2014

Ficha de Sobrevivente
Vida:
80/170  (80/170)
Energia:
85/170  (85/170)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Alec Fronchwinsk Löhnhoff em Seg Nov 09, 2015 3:18 pm


encontros
I'm a lost star

A mente de Alec não havia processado tudo aquilo com tanta facilidade nos primeiros meses. Ele e Claus, o seu irmão mais novo, tiveram que lidar com seres que nem estavam mortos, nem estavam vivos, residindo na casa que encontraram vazia ao fugirem da ponte do Brooklyn, no dia do apocalipse. Tudo aquilo ainda soava-lhe muito surreal, mas passara a aceitar em parte a sua realidade; ou era isso, ou morria achando que era tudo apenas um sonho.

Naquela tarde, o sobrevivente havia recebido uma mensagem que certamente estranhou: pelo walkie-talkie que achara na casa em que morava, alguém mandara-o ir até uma casa de apostas, numa área pouco frequentada de NY. Ainda que relutante, vira-se curioso para saber mais sobre aquilo. E também, talvez fosse uma chance de Claus e ele terem uma vida melhor, naquele fim de mundo.

Por isso, trajando além de suas roupas originais - camisa de mangas curtas, calça jeans e tênis - um moletom que encontrou na casa, portando também um facão que conseguira na mesma fonte, o garoto fora até o seu destino, deixando seu irmão na casa. Não podia arriscar-se de levá-lo. Ficar sozinho, trancado, era a sua melhor opção.

{...}


Não dera sorte. Cinco zumbis atravessaram o seu caminho e ainda teve que fugir de muitos. Felizmente, era ágil. Mas o que importava era que havia chegado são e salvo.

O local era mais caído do que Löhnhoff imaginara. Por fora, a fachada negra e consumida pelo tempo já não mais saltava aos olhos de ninguém, o que poderia ser útil no caso de um esconderijo. Também era meio escondida, o que só contribuía nesse ponto. Por dentro, Alec notou, a situação também não era das melhores: tudo estava revirado, com sangue seco e mal iluminado. Ali, encontrava-se sozinho, a não ser por um garoto no centro daquilo tudo.

Alec engoliu em seco antes de continuar.

— A mensagem era sua? — indagou para o rapaz, atraindo a sua atenção.



Itens:
✶ {Blusa de Moletom} [Uma simples blusa de moletom preta sem detalhe algum. Não é muito grossa, mas serve muito bem para se esquentar. Possui um capuz ligado à blusa e este também não é muito grosso.] (Sem nível mínimo) [Recebimento: Prêmio Pela Ficha de Sobrevivente]

✶{Facão} [Possuindo uma lâmina prateada com cerca de 25,5 cm de comprimento, a arma muito bem afiada vem acompanhada de uma bainha de couro resistente que facilita tanto o acesso ao objeto  quanto a movimentação portando este. Não é pesado e pode ser manejado por usuários sem muita dificuldade, mas seu uso é ampliado com a perícia adequada.] (Sem uso mínimo) [Recebimento: Evento de Lançamento]

avatar
Alec Fronchwinsk Löhnhoff
Mecânicos
Mecânicos

Mensagens : 26
Data de inscrição : 02/01/2014
Idade : 19

Ficha de Sobrevivente
Vida:
55/110  (55/110)
Energia:
55/110  (55/110)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Marcio Voux em Ter Nov 10, 2015 2:56 pm



You shout it loud. But I can't a word you say
Meeting



O primeiro que chegou foi um jovem sorrateiro. Seu rosto era bonito, suas intenções... ingênuas. Marcio sorriu largamente para o rapaz, tentando estabelecer um clima de tranquilidade de felicidade no ambiente.

- Sim, eu mandei a mensagem - ele saiu da cadeira e levou a caixa de primeiros socorros em uma das mãos. Ele analisou o corpo do rapaz e percebeu que o peito subia e descia de maneira descompassada, como se viesse de uma corrida. - Fugindo de zumbis? Entendo. Fique calmo, eu sei tratar disso - ele tocou no rosto do rapaz com uma das mãos e seus olhos se encontraram de maneira intensa e quase agressiva da parte do curandeiro. - Ah, é só um garoto. O outro que chamei deve aparecer em breve. Venha, sente-se. Me diga, perdeu os pais no apocalipse?


Thak's for@Lovatic, on CG

avatar
Marcio Voux
Curandeiros
Curandeiros

Mensagens : 28
Data de inscrição : 07/12/2014

Ficha de Sobrevivente
Vida:
80/170  (80/170)
Energia:
85/170  (85/170)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Alec Fronchwinsk Löhnhoff em Ter Nov 10, 2015 4:10 pm


encontros
WTF

Fronchwiansk não gostara do anfitrião ao primeiro contato. Seu jeito arrogante, sua postura que queria demonstrar superioridade e a sua frase "Ah, é só um garoto" vinham apenas para marcar isso com mais afinco, também contando com o excesso de contato físico que ele impusera. Tudo o que ele tinha para falar, naquele instante, perdeu credibilidade, principalmente por ferir os sentimentos de Alec — naquele mundo já tão fragilizado, não precisava de muito para que isso acontecesse.

Sua cabeça engendrava apenas uma possibilidade para aquilo tudo: uma aliança. Mas ele não queria uma aliança, não com aquele cara. Nem com o outro que, segundo o anfitrião, estava para chegar — conviver com tamanha arrogância não era a primeira coisa na "lista do que fazer" de Löhnhoff.

— Perdi muita coisa nesse fim de mundo — respondeu o sobrevivente ante à pergunta feita pelo anfitrião sobre os seus pais. — Só o meu irmão me sobrou. Mas ele me basta, e eu basto para ele.

Após suas palavras, achou prudente afastar-se da porta, adiantando-se para o meio da casa de apostas. Era um lugar caído, mas com bons ajustes... era um lugar que ele e Claus poderiam usar, com toda a certeza. Claus... Pensar no garoto lembrava que Alec tinha que ser rápido. Era melhor ir diretamente ao ponto.

— O que te fez me mandar aquela mensagem? — inquiriu o garoto.



Itens:
✶ {Blusa de Moletom} [Uma simples blusa de moletom preta sem detalhe algum. Não é muito grossa, mas serve muito bem para se esquentar. Possui um capuz ligado à blusa e este também não é muito grosso.] (Sem nível mínimo) [Recebimento: Prêmio Pela Ficha de Sobrevivente]

✶{Facão} [Possuindo uma lâmina prateada com cerca de 25,5 cm de comprimento, a arma muito bem afiada vem acompanhada de uma bainha de couro resistente que facilita tanto o acesso ao objeto  quanto a movimentação portando este. Não é pesado e pode ser manejado por usuários sem muita dificuldade, mas seu uso é ampliado com a perícia adequada.] (Sem uso mínimo) [Recebimento: Evento de Lançamento]

avatar
Alec Fronchwinsk Löhnhoff
Mecânicos
Mecânicos

Mensagens : 26
Data de inscrição : 02/01/2014
Idade : 19

Ficha de Sobrevivente
Vida:
55/110  (55/110)
Energia:
55/110  (55/110)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Marcio Voux em Ter Nov 10, 2015 4:24 pm



You shout it loud. But I can't a word you say
Meeting



Marcio riu quando ouviu a pergunta do rapaz. História interessante... talvez ele sirva para algo, preciso de pessoas jovens e gentis como ele no grupo. Os dois andaram até uma das mesas do bar abandonado e se sentaram.

- Sabe, chamei você aqui pois recebi sua ficha no acampamento dos sobreviventes de Nova York - ele ficou sério e tocou em sua caixa de primeiros socorros carinhosamente. - Quero juntar algumas pessoas para formar um grupo de resistência, mas que também seja de ajuda mutua. Sei que você passou por maus bocados, desculpe se minha "falta de tato" for suficiente para uma recusa no convite. Tive que abandonar uma namorada, uma carreira, uma... vida. E isso não faz bem para ninguém - ele mudou de tom e sorriu. Detestava ser melancólico com as pessoas. - Bem, veja. Estamos aqui, um resultado da luta pela sobrevivência. Não acha que seria interessante uma aliança?


Thak's for@Lovatic, on CG

avatar
Marcio Voux
Curandeiros
Curandeiros

Mensagens : 28
Data de inscrição : 07/12/2014

Ficha de Sobrevivente
Vida:
80/170  (80/170)
Energia:
85/170  (85/170)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Thomas Cavanaugh em Dom Nov 15, 2015 3:56 pm



Aliados ou rivais?
tags: Estranhos X Notes: Tired X Clothes: Moda inverno/verão para sobreviventes X
Sobre passos pesados eu caminhava por uma rua qualquer de Nova Iorque, nada do que tinha acontecido desde janeiro fazia sentido para mim, eu vi várias pessoas morrerem na minha frente inclusive pessoas que eu amava e de certa forma não conseguiria viver sem, mas me lamentar disso não iria trazer eles de volta para mim, e eu tinha que colocar aquilo em minha cabeça o mais rápido possível, se não acabaria enlouquecendo.
A brisa gelada e a garoa fina batiam em meu rosto, não sabia ao certo que horas eram mas pelo clima que estava já se passava da meia noite. Enquanto caminhava percebi que logo a frente tinham duas pessoas, aparentemente seriam duas pessoas pois estava longe de mais para que eu conseguisse identificar logo de cara, conforme fui chegando mais perto pude perceber a maneira como eles andavam e emitiam um som, já não bastava estar sozinho e desprotegido o destino tinha que me colocar naquela situação delicada, se eu fizesse algum som eles iriam ouvir e viriam atrás de mim sem pensar... Bom, até por que eu acho que eles realmente não pensam, mas isso de fato não vinha ao caso pois a unica coisa que importava era conseguir ficar vivo por mais um tempo.
Corri em direção ao beco que tinha logo a minha frente ao lado de uma loja e o atravessei, na metade do caminho tive que parar de correr, se não ia esbarrar na latas de lixo e chamar a atenção de muito mais do que dois errantes. Ao terminar de passar pelo beco avistei um lugar grande, era uma espécie de Cassino, era pra ter sido um cassino antes de tudo ter acontecido, creio eu, passei a mão em meu cabelo o arrumando como sempre faço quando nervoso e ignorei o fato de ter algum zumbi ali dentro, afinal ali parecia o lugar mais seguro que eu poderia encontrar para passar a noite. Entrei no local lentamente e silenciosamente, meus dias como ex ladrão serviriam para entrar naquele lugar sem fazer barulho ou se quer ser notado.
Aos fundos eu ouvia algumas vozes, aparentemente era vozes de rapazes que poderiam querer me matar por pensarem que eu era um daqueles bichos, ou poderiam simplesmente ignorar o fato e me deixar na minha, resolvi arriscar e disse em um tom alto, quase gritando: -Hey! Tem alguém ai? Me aprofundei mais naquele lugar para tentar ver quem estava lá e tentar começar uma possível amizade, ou uma terrível rivalidade.
Thanks Panda
avatar
Thomas Cavanaugh
Saqueador
Saqueador

Mensagens : 24
Data de inscrição : 15/11/2015

Ficha de Sobrevivente
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Jake L. Dwyer em Dom Nov 15, 2015 4:06 pm


encurralados
Com: Marcio e Zumbis / Em: Rua Qualquer

A cada passo, olho para o mundo ao meu redor, esperando que um zumbi surja e me ataque a qualquer momento. Não é atoa que sempre que saio carrego minha faca.

Não sei muito bem para onde ir, então viro em direções aleatórias, esperando que algo indique para onde devo ir. E meu plano funciona.

Quando passo perto de uma construção, ouço uma voz. A pessoa — provavelmente um homem — parece assustada com algo. Espero para ver se alguém vai responder a tal voz, mas, depois de um certo tempo, decido eu mesmo responder.

— Ei. Aqui — sussurro, enquanto entro no tal lugar e vejo um rapaz. Está escuro, mas ele parece ter cerca de vinte anos e também parece forte, apesar de, como já dito, assustado — E falar alto não é muito recomendável quando há zumbis querendo te matar.

Enquanto espero por uma resposta, tento imaginar o que o trouxe até aqui, mas não chego a nenhuma conclusão. Também observo todo o lugar em que estamos e percebo que, há muito tempo atrás, deve ter sido um cassino, mas hoje é apenas um depósito de cadeiras e mesas jogadas e, algumas, quebradas.

PS:
Coisas:
✶ {Faca} [Faca de cozinha inicial. É uma faca de cozinha comum, serrilhada na parte de baixo e com 15 centímetros. Seu cabo não prende tão fortemente a lâmina, podendo quebrar se muito forçado. Apesar de ser uma arma frágil, é afiada e de fácil manuseio, podendo qualquer pessoa usá-la com certa perfeição.]
Perícias:
✶ Socializador {1/5}
✶ Persuasão {1/5}


Créditos ao Jake L. Dwyer pelo template <3


avatar
Jake L. Dwyer
Analistas
Analistas

Mensagens : 29
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 15
Localização : Procure.

Ficha de Sobrevivente
Vida:
65/130  (65/130)
Energia:
65/130  (65/130)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Thomas Cavanaugh em Dom Nov 15, 2015 4:26 pm



Aliados ou rivais?
tags: Estranhos X Notes: Tired X Clothes: Moda inverno/verão para sobreviventes X
Fiquei algum tempo esperando o retorno das pessoas que estavam conversando mas parecia que isso não chegaria tão rápido, ou de fato eu tinha gritado baixo para eles ouvirem, respirei fundo e abri a boca para poder gritar novamente mas antes de conseguir fazer isso ouvi um sussurro atrás de mim, aquilo definitivamente me deixou muito mais assustado do que já estava. Sabe aquele frio na espinha que você sente quando esta vendo um filme de terror e aparece um daqueles jump scares do nada? Foi exatamente aquilo que eu senti naquele momento.
Me virei e vi uma sombra entrando naquele local e após ser repreendido por ter gritado, levei uma mão até a minha nuca e sorri meio sem graça para a pessoa: -Me Desculpa... Realmente não me lembrei disso. Obrigado pelo lembrete.
Fiquei encarando o rapaz por alguns instantes, e ele parecia ser bem novo para estar andando sozinho naquele mundo caótico, coloquei as mãos dentro dos bolsos de minha calça jeans, e o encarei seriamente: -O que te trás aqui? Você esta sozinho pelo visto, e isso não é algo bom.
Thanks Panda
avatar
Thomas Cavanaugh
Saqueador
Saqueador

Mensagens : 24
Data de inscrição : 15/11/2015

Ficha de Sobrevivente
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Jake L. Dwyer em Dom Nov 15, 2015 4:44 pm


encurralados
Com: Marcio e Zumbis / Em: Rua Qualquer

Ouço sua resposta atenciosamente, revesando entre encará-lo e olhar para ambos os lados, para garantir que nenhum zumbi me pegue desprevenido. Acho que, à esta altura, ser cuidado já virou costume.

Antes sozinho do que com os zumbis — sorrio — Vim aqui procurando suprimentos ou sobreviventes. Ouvi sua voz e decidi falar contigo. Você me pareceu legal. E você? O que faz aqui?

A cada palavra que sai de sua boca, analiso seu tom de voz, observando suas reações para aprender mais sobre sua personalidade.

E então lembro do modo como ele falou que eu estou sozinho... será que ele não está?

— E você disse que estar sozinho é algo ruim... você está com um grupo de sobreviventes? Ou falou isso porque acha que alguém da minha idade não sabe se virar sem ajuda?

Me preparo para utilizar de minha idade para surpreendê-lo. Se ele achar que eu sou uma simples criança indefesa, meu potencial terá sido subestimado e eu terei uma certa vantagem, mesmo que não muito grande.

PS:
Coisas:
✶ {Faca} [Faca de cozinha inicial. É uma faca de cozinha comum, serrilhada na parte de baixo e com 15 centímetros. Seu cabo não prende tão fortemente a lâmina, podendo quebrar se muito forçado. Apesar de ser uma arma frágil, é afiada e de fácil manuseio, podendo qualquer pessoa usá-la com certa perfeição.]
Perícias:
✶ Socializador {1/5}
✶ Persuasão {1/5}


Créditos ao Jake L. Dwyer pelo template <3


avatar
Jake L. Dwyer
Analistas
Analistas

Mensagens : 29
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 15
Localização : Procure.

Ficha de Sobrevivente
Vida:
65/130  (65/130)
Energia:
65/130  (65/130)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Thomas Cavanaugh em Dom Nov 15, 2015 5:04 pm



Aliados ou rivais?
tags: Estranhos X Notes: Tired X Clothes: Moda inverno/verão para sobreviventes X
Sorri para o garoto que pareceu bem simpático em meio a todo aquele caos ao redor de nós, o encarei ainda sorrindo e resolvi responder a ele,  para poder de fato parecer legal como ele havia imaginado que eu seria: -Só pareço ser legal... Digo, eu não me acho legal, realmente, não! Eu o encarei meio envergonhado de ter dito aquilo, não ter muitos amigos me fazia pensar se eu de fato era ou não legal: -Bom, eu vim aqui pra poder passar a noite mesmo, ver o que vou fazer amanha cedo.
Um silêncio começou entre nós, eu sempre fui ruim em puxar assuntos mesmo então já esperava por aquilo mais cedo ou mais tarde. O rapaz quebrou aquele gelo, o que me deixou totalmente envergonhado e me fez tirar as mãos do bolso  e as erguer como se quisesse me defender: -E-eu não quis dizer pela sua idade, claro que não, eu só te vi sozinho e na situação em que nos encontramos ficar sozinho é péssimo... e bem eu estou sozinho mesmo...

Encarei o rapaz por alguns instante e estendi minha mão direita para ele: -Aliás, me chamo Thomas, prazer!
Thanks Panda
avatar
Thomas Cavanaugh
Saqueador
Saqueador

Mensagens : 24
Data de inscrição : 15/11/2015

Ficha de Sobrevivente
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Jake L. Dwyer em Dom Nov 15, 2015 5:20 pm


encurralados
Com: Thomas / Em: Algum Cassino

Sorrio ao ver que o garoto parece preocupado depois de ouvir meu comentário, mas fico um pouco triste por perceber que ele não tem um estima muito alto. Amor próprio é tudo.

Você pode até não se achar legal, mas eu o acho. E humildade realmente é algo que merece respeito.

Ouço cada palavra que ele diz atenciosamente, até que ele faz uma pausa que indica que é minha vez de falar.

E já decidiu? O que você vai fazer amanhã cedo, quis dizer — assinto com a cabeça quando ouço o que ele pensa a respeito de ficar sozinho durante um apocalipse zumbi — Não estou sozinho por opção própria, estou sozinho porque não encontrei ninguém que pudesse ter como aliado.

Penso no que acabei de dizer e percebo que parece uma espécie de convite, mas não corrijo. Que mal teria arranjar um amigo, né?

Jake — sorrio, enquanto aperto sua mão em um gesto amigável.

PS:
Coisas:
✶ {Faca} [Faca de cozinha inicial. É uma faca de cozinha comum, serrilhada na parte de baixo e com 15 centímetros. Seu cabo não prende tão fortemente a lâmina, podendo quebrar se muito forçado. Apesar de ser uma arma frágil, é afiada e de fácil manuseio, podendo qualquer pessoa usá-la com certa perfeição.]
Perícias:
✶ Socializador {1/5}
✶ Persuasão {1/5}


Créditos ao Jake L. Dwyer pelo template <3


avatar
Jake L. Dwyer
Analistas
Analistas

Mensagens : 29
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 15
Localização : Procure.

Ficha de Sobrevivente
Vida:
65/130  (65/130)
Energia:
65/130  (65/130)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Thomas Cavanaugh em Dom Nov 15, 2015 6:00 pm



Aliados ou rivais?
tags: Estranhos X Notes: Tired X Clothes: Moda inverno/verão para sobreviventes X
Fiquei meio envergonhado e contente por pelo menos alguém me achar legal, em seguida fui questionado sobre o que iria fazer, de fato eu não fazia ideia: -Bom, eu não faço ideia, geralmente eu penso melhor antes de dormir... Então não pensei em nada ainda. Ouvi o rapaz falar sobre não ter nenhum aliado e dei um sorriso de lado ainda o encarando, arrumar um aliado naquela situação era realmente algo muito difícil.

Após nos apresentarmos e nos cumprimentarmos eu mantive o sorriso para o garoto: -Bom, se quiser me fazer companhia esta noite, juro que não irei ficar bravo nem nada, ter alguém pra conversar é algo que poderia nos desligar do mundo lá fora.

Pareceu precipitada a ideia, mas era o melhor que eu podia fazer naquele momento.
Thanks Panda
avatar
Thomas Cavanaugh
Saqueador
Saqueador

Mensagens : 24
Data de inscrição : 15/11/2015

Ficha de Sobrevivente
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Jake L. Dwyer em Seg Nov 16, 2015 2:42 pm


prazer, migo
Com: Thomas / Em: Algum Cassino

Sorrio ao ouvir a resposta do outro, apesar de ser algo um tanto quanto... besta?

Realmente, antes de dormir é um dos melhores momentos para refletir — concordo, enquanto retribuo seu sorriso.

Ouço o que ele diz em resposta à minha fala sobre aliados, e fico feliz com a proposta que recebo.

É, esquecer um pouco os zumbis e ter pelo menos um dia de vida normal me parece um tanto quanto interessante — rio, finalmente me lembrando qual é o significado dessa palavra.

Pelo que sei sobre o tal homem — até pouco tempo atrás, um simples desconhecido — ele pode ser um assassino disfarçado, um ladrão ou qualquer outra coisa. Mas pelo pouco que tive para analisar, ele é uma pessoa boa.

PS:
Coisas:
✶ {Faca} [Faca de cozinha inicial. É uma faca de cozinha comum, serrilhada na parte de baixo e com 15 centímetros. Seu cabo não prende tão fortemente a lâmina, podendo quebrar se muito forçado. Apesar de ser uma arma frágil, é afiada e de fácil manuseio, podendo qualquer pessoa usá-la com certa perfeição.]
Perícias:
✶ Socializador {1/5}
✶ Persuasão {1/5}


Créditos ao Jake L. Dwyer pelo template <3


avatar
Jake L. Dwyer
Analistas
Analistas

Mensagens : 29
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 15
Localização : Procure.

Ficha de Sobrevivente
Vida:
65/130  (65/130)
Energia:
65/130  (65/130)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Thomas Cavanaugh em Seg Nov 16, 2015 8:19 pm



Aliados ou rivais?
tags: Estranhos X Notes: Tired X Clothes: Moda inverno/verão para sobreviventes X
Ao ouvir a resposta do garoto eu dei um largo sorriso e fui em direção a ele, passei meus braços por cima de seu ombro, pelo fato de Jake ser menor do que eu não ficaria desconfortável para mim ou para ele, resolvi o puxar para mais dentro do local por ser mais seguro do que ficar na porta a espera de errantes, ou mais perigoso, nunca se sabe.

Enquanto caminhávamos tentei ser comunicativo, afinal o garoto me parecia bastante legal e também alguém em que eu poderia confiar: -Então, Jake, quantos anos você tem? Você parece ser muito novo, e como ainda esta vivo, creio que bastante inteligente também, diga-se de passagem. Não sei se aquilo soou grosseiro ou não, mas para alguém péssimo em puxar assuntos como eu, aquilo já estava de bom grado.

Thanks Panda


avatar
Thomas Cavanaugh
Saqueador
Saqueador

Mensagens : 24
Data de inscrição : 15/11/2015

Ficha de Sobrevivente
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Jake L. Dwyer em Ter Nov 17, 2015 12:56 pm


prazer, migo
Com: Thomas / Em: Algum Cassino

Eu já me sinto mais novo e mais baixo do que as outras pessoas naturalmente, graças à minha idade, mas quando o outro passa o braço por cima de meus ombros, isso piora. De qualquer jeito, não reclamo, é um gesto amigável demais para me deixar triste.

Enquanto entramos no lugar, passo a mão por cima do cabo da faca, caso precise retirá-la dali para usá-la, enquanto observo tudo ao meu redor. Sem sinal de zumbis.

Tenho catorze, e você? — respondo educadamente e sorrio — Obrigado. E, de nem um pouco modéstia parte, eu realmente sou inteligente. E você também parece ser, inteligente e forte, na verdade.

Ouvir um elogio é algo extremamente agradável, principalmente depois de dias e dias sem ter um mínimo contato com alguém... vivo, digamos assim.

E eu percebo que ele foi a primeira pessoa a me elogiar desse jeito, desde o apocalipse. Percebo também que ficar sozinho não é nada legal. Então decido puxar assunto.

Então, o que você tem feito de bom?

PS:
Coisas:
✶ {Faca} [Faca de cozinha inicial. É uma faca de cozinha comum, serrilhada na parte de baixo e com 15 centímetros. Seu cabo não prende tão fortemente a lâmina, podendo quebrar se muito forçado. Apesar de ser uma arma frágil, é afiada e de fácil manuseio, podendo qualquer pessoa usá-la com certa perfeição.]
Perícias:
✶ Socializador {1/5}
✶ Persuasão {1/5}


Créditos ao Jake L. Dwyer pelo template <3


avatar
Jake L. Dwyer
Analistas
Analistas

Mensagens : 29
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 15
Localização : Procure.

Ficha de Sobrevivente
Vida:
65/130  (65/130)
Energia:
65/130  (65/130)
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa de Apostas Quero-Tudo-Que-É-Seu

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum